sexta-feira, 31 de julho de 2015

ESPERO-TE - OLHO-TE

ESPERO-TE - OLHO-TE

Deslizo pelas nossos lençóis
- Nesta cama vazia
- Olho-te…Espero-te
Com a vontade de descobrir recantos
- Para torná-los nossos
Adivinhas sempre, onde eu quero estar
- No mar, o sol, a areia salgada
Envoltos pelas nossas lágrimas
Que correm para o mar
As tuas mãos procuram as minhas
- Para entrelaçá-las e agarradas, ao meu corpo
 Sentindo os teus beijos, com sabor a hortelã
-  E sentindo o teu corpo a cheirar alecrim
A brisa fresca deste mar azul ou verde
- Que gosta de brincar com os meus cabelos
Deslizo pelas lençóis nesta cama vazia
Os raios de sol vêm suavemente, bater na janela
- Para despedir-se de nós e das velhas lembranças.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

quinta-feira, 16 de julho de 2015

quarta-feira, 8 de julho de 2015

FRASE-FOLHAS


Escondi-me por um tempo
Como um ramo seco entre as folhas
Para florescer nos meus sonhos.
 
Isabel Morais Ribeiro Fonseca